Siga-nos

Mundo

399

Tempo estimado para a leitura: 3minuto(s) e 30segundo(s).

Cientistas vão pesquisar asteroide interestelar em busca de tecnologia alienígena

Objeto tem formato singular e foi identificado quando vinha em direção ao Sol em outubro deste ano; projeto financiado por bilionário irá analisá-lo em busca de evidências sobre vida extraterrestre.

estilo.online Redação

Publicado

em

Um projeto em busca de evidências sobre a vida inteligente fora da Terra começará a analisar o primeiro asteroide interestelar para tentar encontrar sinais de uma tecnologia alienígena.
O objeto com formato singular foi detectado quando estava indo em direção ao Sol em 19 de outubro deste ano.
As propriedades dele sugerem que sua origem é de outra estrela, o que faria com que esse fosse o primeiro asteroide de fora do Sistema Solar a ser identificado em nossa vizinhança cósmica.
Uma iniciativa patrocinada pelo bilionário Yuri Milner irá utilizar um radiotelescópio para ouvir os sinais emitidos dele. Os esforços da equipe vão começar nesta quarta-feira, com astrônomos observando o asteroide – que atualmente está se afastando do Sistema Solar – por quatro bandas diferentes de radiofrequência.
A primeira etapa de observações deverá durar pelo menos 10 horas no Observatório de Green Bank, em West Virginia, nos Estados Unidos, com o uso do Green Bank Telescope, o maior radiotelescópio orientável do mundo.
Primeiras observações
As primeiras impressões que vieram sobre o asteroide, chamado Oumuamua, ressaltam seu formato estranho, alongado, parecendo um pouco com o de um charuto.
“Pesquisadores que trabalham com transporte espacial de longa distância já sugeriram no passado que o formato de um charuto ou de uma agulha são arquiteturas prováveis para uma nave espacial interestalar, já que isso ajudaria a minimizar a fricção e os danos dos gases interestelares e da poeira”, afirmou por nota o Breakthrough Listen, programa financiado por Milner para pesquisar evidências de inteligência extraterrestre no universo.
“A presença do Oumuamua no Sistema Solar dá ao Breakthrough Listen uma oportunidade de fazer descobertas sem precedentes sobre possíveis transmissores artificiais e de demonstrar nossa habilidade de rastrear objetos que estejam por perto se movendo rapidamente”, disse o diretor da Berkeley SETI Research Center, Andrew Siemon, que faz parte da iniciativa.

“Independentemente se esse objeto for artificial ou natural, ele é um alvo muito bom para o Listen”, complementou.
Já o professor Andrew Coates, do Mullard Space Science Laboratory, aponta que, por enquanto, ainda não há evidências concretas de que esse asteroide poderia ajudar a identificar qualquer sinal de vida extraterrestre.
“Acredito que há um experimento sendo feito para analisar esse objeto e escutar se há qualquer sinal de vida nele. Mas acho pouco provável, porque isso é um resto do início daquele sistema planetário em outro lugar. Outras formas melhores de procurar por vida extraterrestre são as missões como o projeto ExoMars, que irá para Marte em 2020 perfurando a superfície para procurar sinais de vida. Nós estamos construindo um sistema de câmeras para isso”, observou.

“De qualquer forma, já que esse objeto está passando muito rápido, é válido buscar escutá-lo só para entender. Mas acredito que é bem pouco provável vir algo disso”, acrescentou.

Outros pesquisadores que já fizeram observações desse asteroide com telescópios no solo dizem que, fora o formato distinto, ele lembra muito objetos naturais encontrados fora do Sistema Solar.
O objeto tem uma cor avermelhada, que é um indicativo da presença de compostos orgânicos irradiados por raios cósmicos. As medidas sugerem que ele tenha uma estrutura densa, composta de pedra e metal. Há a possibilidade de haver ali alguma água congelada.
Apesar do Oumuamua ter se formado em torno de outra estrela, os cientistas acham que ele poderia ter circulado pela Via Láctea, sem ligação a qualquer sistema estelar, por centenas de milhões de anos antes do encontro casual com nosso Sistema Solar.
O nome do asteroide, Oumuamua, significa “um mensageiro de longe chegando primeiro” na língua havaiana.

0
0
Clique para comentar
Publicidade

Mundo

Rússia lança robô humanoide ao espaço (VÍDEO)

O robô humanoide russo Fyodor foi lançado com sucesso ao espaço dentro do veículo Soyuz MS-14, no foguete Soyuz-2.1a, do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, nesta quinta-feira.

estilo.online Redação

Publicado

em

O foguete decolou às 06:38, horário de Moscou, como planejado.

Durante o lançamento, conforme foi mostrado em um webcast da Corporação Estatal de Atividades Espaciais da Rússia Roscosmos, Fyodor disse o lendário “Vamos lá!” imortalizado por Yuri Gagarin, o primeiro humano a viajar ao espaço, em 12 de abril de 1961.

​Aproximadamente oito minutos após o lançamento, o Soyuz MS-14 foi colocado em órbita.

A espaçonave agora deve voar para a Estação Espacial Internacional no esquema de dois dias. A chegada à estação deve ocorrer no sábado, às 08h30, horário de Moscou (02h30, horário de Brasília).

A espaçonave foi lançada para uma missão não tripulada para testar a interoperação entre ela e a nova transportadora Soyuz-2.1a pela primeira vez antes de futuros lançamentos de missões tripuladas. Ela fornecerá equipamentos científicos para experimentos, medicação, recipientes com suprimentos de alimentos, pacotes para a tripulação e Fyodor, também conhecido como Skybot F-850.

Os cosmonautas russos testarão os sistemas de robôs sob as condições do voo espacial. O objetivo principal é usá-lo durante as tarefas perigosas a bordo da espaçonave, incluindo as caminhadas espaciais.

0
0
Continuar lendo

Mundo

Striptease é incentivado no Reino Unido durante falha em site do governo

Departamento do Trabalho e Pensões do Reino Unido (DWP, sigla em inglês) insere dançarina de striptease na lista de profissões recomendadas no país. Governo tirou página do ar e alegou falha.

estilo.online Redação

Publicado

em

O órgão britânico retirou de seu site uma ferramenta para aqueles que procuram trabalho. A decisão foi tomada após a página ter colocado dançarina de striptease como possível carreira para quem busca emprego no país.

A ferramenta, chamada de Work You Could Do (trabalho que você poderia fazer, tradução direta do inglês), ajuda quem busca uma ocupação a ingressar no mercado de trabalho, sugerindo possíveis carreiras e descrevendo o que elas implicam, publicou o Telegraph.

No entanto, devido a um erro técnico, a ferramenta listou dançarina de striptease como emprego potencial, junto com assistente de hotel, recepcionista e funcionário de bingo.

O site descreveu a profissão como “o adulto que dança em estabelecimentos de entretenimento”, incentivando quem procura trabalho a achar uma vaga.

Consertando o erro

Mais tarde, um funcionário do Departamento disse que a referida profissão era “inapropriada e que reveria a lista”. O governo do país também disse que os funcionários do Departamento não colocariam os cidadãos em um trabalho como esse, informou o Independent.com.

Por enquanto, a página continua fora do ar. O erro teria sido cometido quando o Departamento copiou uma lista de profissões elaborada pelo Escritório de Estatísticas Nacionais (ONS, sigla em inglês).

0
0
Continuar lendo

Mundo

‘Invasão’ da Área 51 faz autoridades em Nevada declararem emergência

As autoridades do condado norte-americano de Lincoln, onde está localizada a instalação militar secreta Área 51, em Nevada, elaboraram um plano de emergência devido à possível invasão da instalação militar.

estilo.online Redação

Publicado

em

Milhares de pessoas estariam planejando a invasão da instalação no próximo mês, o que está deixando as autoridades locais preocupadas.

“Levamos isso a sério”, afirmou o presidente da comissão do condado de Lincoln, Varlin Higbee, ao jornal Las Vegas Review-Journal.

Além disso, Eric Holt, gerente do plano para fazer frente ao evento, afirmou que a emergência foi declarada devido à ameaça de que os recursos locais estejam em risco, tanto financeiros quanto de resposta a emergências, devido ao potencial de horas extra do pessoal.


Sinal de aviso perto da base secreta Área 51

“Com a possibilidade da chegada de 35.000 ou 40.000 pessoas, isso é sério”, enfatizou.

Na cultura popular esta base secreta é conhecida como um lugar onde o governo norte-americano estuda extraterrestres.

As autoridades locais do condado estão preocupadas por a chegada em massa de pessoas ao local poder exceder a capacidade dos acampamentos e postos de gasolina, assim como os serviços de saúde pública, comunicações celulares e Internet.

Embora o condado seja duas vezes maior que o Connecticut, a maior parte da sua área é desértica, tem uma população de 5.200 pessoas e possui apenas 184 quartos de hotel.

Já o xerife do condado de Lincoln, Kerry Lee, afirmou à KLAS-TV que seu departamento está em busca de “todos os parceiros”, incluindo agências federais, estaduais e locais, que possam enviar algum tipo de recurso. O departamento policial do condado conta com apenas 28 agentes.


Placa da estrada no Nevada perto de Área 51

“[…] Estamos planejando as coisas para o pior, mas esperando pelo melhor”, completou.

Os eventos surgiram a partir de uma publicação na Internet, que convidava as pessoas a comparecerem ao local para invadir a instalação militar, conhecida como Área 51, no deserto de Nevada.

Contudo, o evento, previsto para o dia 20 de setembro, provavelmente se tornará em um grande festival no deserto, após os participantes serem advertidos pelo Exército norte-americano, que desencoraja qualquer tentativa de invasão.

0
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
106,57
JPY +0,08%
4,07
BRL 0,00%
1EUR
Euro. European Union
=
117,96
JPY –0,05%
4,50
BRL –0,14%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
1.082.613,57
JPY +0,47%
41.342,46
BRL +0,38%

Tokyo
28°
Mostly Cloudy
FriSatSun
29/24°C
30/23°C
29/23°C

São Paulo
13°
Cloudy
ThuFriSat
min 13°C
19/13°C
19/13°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana