Siga-nos

Curiosidade

653

Tempo estimado para a leitura: 2minuto(s) e 39segundo(s).

Jovem britânica afirma já ter feito sexo com 20 fantasmas

estilo.online Redação

Publicado

em

Que existem pessoas capazes de jurar já ter visto fantasmas, a gente sabe. Não é nenhuma novidade pessoas que acreditam na existência de fantasmas, não é mesmo? Mas uma coisa diferencia essa jovem britânica de todos os outros… Amethyst Realm, de 27 anos, não só afirma que já viu fantasmas, como também garante que já fez sexo com pelo menos 20 deles.

Achou pouco? Então segura mais essa: a mulher ainda garante que o sexo com os desencarnados é melhor do que com os homens vivos que ela já conheceu. Então ta, né? Ela revela que o primeiro evento aconteceu há 12 anos, quando ela tinha 25. Na época, ela havia acabado de se mudar com o então noivo para uma casa nova e sentiu forças estranhas na residência.

Sobre a experiência em si, ela revelou ao programa “ITV This Morning” que tudo começou como uma espécie de energia, mas que com o tempo se tornou físico. Ela diz que podia sentir uma “pressão” em suas coxas, além de uma “respiração” no seu pescoço. Apesar de ser um cenário assustador para muita gente, ela disse que nunca hesitou e se sentia muito segura.

O relacionamento com esse primeiro fantasma durou cerca de 3 anos, até o dia que seu marido viu o vulto do fantasma fugindo da casa quando chegou antes do habitual. Depois disso, ela afirma que se relacionou com outros e que, com pelo menos 20, fez sexo.

A psicoterapeuta Tina Radziszewicz classifica os episódios como alucinações. Para ela, quadros de doença psicológica podem favorecer a ocorrência desse tipo de experiência que, apesar de alucinação, pode realmente parecer muito vívida e real para aquele que sofre. Quanto a Realm, sua meta agora é engravidar de um de seus amantes.

0
0

Fonte: SuperCuriosos

Clique para comentar
Publicidade

Você viu?

Titanic é filmado com qualidade 4k pela 1ª vez (VÍDEO)

Após 14 anos da última visitação, expedição submarina vai ao Titanic e filma vídeo 4k pela primeira vez. Imagens deverão ser exibidas em um documentário.

estilo.online Redação

Publicado

em

No início deste mês uma equipe de exploradores visitou o Titanic durante oito dias. Usando um submergível tripulado, a expedição, liderada pelo renomado explorador Victor Vescovo, desceu a uma profundidade de quase 4.000 metros.

Pela primeira vez, a equipe fez fotos e vídeos de qualidade 4k. As imagens mostram a rápida deterioração que o navio tem sofrido. A corrosão provocada pelo sal da água e bactérias está provocando o colapso do casco.

Em um vídeo de 30 segundos publicado pela EYOSExpeditions, é possível ver o estado atual do Titanic.

Em publicação no site da Atlantic Production (empresa do setor de filmagem e mídia), Victor Vescovo e o historiador do Titanic Parks Stephenson, contaram um pouco o que viram e como se encontra o navio.
“O lugar mais afetado pela deterioração está a estibordo da área onde ficavam os oficiais, exatamente na cabine do capitão. A banheira do capitão, que é a parte favorita dos fãs do Titanic, já se foi. Todo o convés naquele lado está em colapso com os camarotes, e isso continuará”, disse Parks Stephenson.

Mesmo assim, o Titanic continua encantando seus fãs e principalmente quem o vê no fundo do mar.

“É um grande naufrágio. Eu não estava preparado para ver um naufrágio deste tamanho. Foi extraordinário ver aquilo tudo. O melhor momento foi quando estávamos passando do lado do Titanic e as luzes do submergível refletiram em um portal e voltaram para gente. Isso foi como o navio estivesse piscando para mim. Foi maravilhoso”, contou Victor Vescovo.

Em respeito e memória das mais de 1.500 vítimas do naufrágio ocorrido em 15 de abril de 1912, a expedição deixou uma coroa de flores no fundo do mar.

Usando técnicas de realidade aumentada e realidade virtual, as imagens feitas ajudarão a construir uma projeção em 3D que revelará os efeitos da corrosão e as condições atuais da embarcação. A equipe também planeja fazer um documentário usando as imagens feitas durante a expedição.

Tragédia

O Titanic foi um navio de passageiros de origem britânica pertencente à companhia de navegação White Star Line. O navio de luxo era considerado o maior e o mais seguro do mundo. Em 10 de abril de 1912, a embarcação zarpou do porto de Southampton, Reino Unido, e teve seu fim trágico após colidir com um iceberg em 14 de abril do mesmo ano.

Atualmente a embarcação está no norte do Atlântico a 3.810 metros de profundidade e a 596 km a sul da Terra Nova, Canadá.

0
0
Continuar lendo

Lifestyle

Adotar um cachorro pode ser igual a escolher alguém para namorar

Um estudo realizado por psicólogos da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, revelou que não escolhemos parceiros amorosos (ou cães) com base nas preferências que julgamos ter

estilo.online Redação

Publicado

em

Um estudo realizado por psicólogos da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, revelou que não escolhemos parceiros amorosos (ou cães) com base nas preferências que imaginamos.

A pesquisa, divulgada pela revista Galileu, analisou processos de adoção de cachorros em abrigos para fazer a adoção mais eficiente e entender como os adotantes escolhiam seus pets. Os cientistas perceberam que adotar um companheiro canino tem uma dinâmica similar a que temos na hora de escolher alguém para namorar: e na realidade nem sempre escolhemos companheiros com base nas preferências que julgamos ter.

“O que sabemos neste estudo é o que as pessoas dizem querer num cão nem sempre coincide com o que elas efetivamente escolhem”, contou a líder da pesquisa, Samantha Cohen.

Para efeitos da pesquisa, os investigadores separaram os animais por 13 critérios: idade, sexo, cor, tamanho, se eram ou não abandonados, se haviam sido treinados, nervosismo, senso de proteção, inteligência, excitação, disposição para brincar, afabilidade e nível energético. Depois, foram analisadas as preferências de 1.229 pessoas que visitaram o abrigo de animais, dos quais 145 fizeram uma adoção.

Apesar da maioria dos participantes terem apresentado várias exigências — das quais a característica da afabilidade foi a mais solicitada — os indivíduos acabavam por optar por animais que correspondiam a apenas algumas dessas preferências, como idade e disposição para brincar. Outros critérios que eram pré-definidos pelos futuros donos, como cor e o fato do cão ser abandonado, tiveram uma menor influência na decisão final que levou à adoção.

Os abrigos são ambientes extremamente estressantes, que podem alterar o comportamento real de um cão. Por isso, segundo os investigadores, escolher um bichinho com base na personalidade é equivalente a escolher um parceiro amoroso com base no quão bem falam em público. Para facilitar a adoção de cachorros menos sociáveis e estressados, os abrigos procuram colocá-los em locais temporários e calmos para que os animais demonstrem os seus traços mais amigáveis.

Porém, segundo Cohen, no processo de adoção canina, assim como no mundo do namoro, a aparência também importa. “Conforme muitos psicólogos têm demonstrado em experiências de encontros rápidos, a atração física é muito importante. A maioria das pessoas procura um cachorro bonito”, explicou a cientista.

0
0
Continuar lendo

Você viu?

Garoto proibido de ver filme do Queen faz homenagem com ukulelê: vídeo

estilo.online Redação

Publicado

em

Um garoto de 13 anos que mora em Cingapura, fã do Queen, foi proibido de assistir ao filme “Bohemian Rhapsody”. Como é menor de idade, o país proíbe a entrada, mas ele não se deu por vencido.

Na época do lançamento, no final do ano passado, Evan J De Silva extravasou a proibição no que ele mais gosta de fazer: tocar músicas do Queen com seu ukulelê, no canal do youtube.

Ele conta que a música do Queen sempre o fascinou, desde 1 ano de idade, quando o pai dele tocou pela primeira vez pra ele ouvir o som da banda lendária do rock.

“Eu não posso assistir ao filme “Bohemian Rhapsody” então vai aqui minha homenagem a Freddie Mercury”, escreveu Evan sobre o vídeo.

História

Evan começou a tocar em 2013 quando tinha apenas 8 anos de idade.

Junto com seu talento no ukulele, o jovem também encontrou sua paixão pela música.

A performance de Evan é surpreendente, requintada e ele toca com um dos hits da banda: “We are the champion”.

Com apenas 13 anos de idade, ele já tem mais habilidade que muito adulto, com o instrumento.

O arranjo

O arranjo também saiu da cabeça dele: personalizado e diferente de tudo que já ouvimos de uma música tão conhecida.

Evan começa uma melodia suave e dedilha o instrumento para imitar a voz de Mercury.

A técnica de Evan faz com que toda emoção da sua paixão pelo Queen fique evidente.

O menino lembra que no final do vídeo tem surpresa!

“Espero que você goste! Oh … e tem surpresa no final do vídeo! ”

Assista:

0
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
106,57
JPY +0,08%
4,07
BRL 0,00%
1EUR
Euro. European Union
=
117,96
JPY –0,05%
4,50
BRL –0,14%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
1.082.613,57
JPY +0,47%
41.342,46
BRL +0,38%

Tokyo
27°
Mostly Cloudy
FriSatSun
29/24°C
30/23°C
29/23°C

São Paulo
13°
Cloudy
ThuFriSat
min 13°C
19/13°C
19/13°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana