Siga-nos

Esportes

95

Tempo estimado para a leitura: 4minuto(s) e 55segundo(s).

Ex-capitão da seleção, Cafu enfrenta dívidas milionárias

O ex-jogador teve vários imóveis e bens penhorado pela Justiça

estilo.online Redação

Publicado

em

O ex-jogador Cafu, 49, enfrenta dívidas de várias espécies e perdeu, no Tribunal de Justiça, cinco imóveis em pagamentos para cobrir empréstimos milionários. Além desses bens, outros 15 imóveis no nome dele e no nome de sua esposa, Regina, estão penhorados por dívidas da Capi-Penta International Player, empresa, constituída em 2004 para gerenciar carreira de atletas, pertence ao casal.

A companhia é cobrada por empréstimos que vão de R$ 1,1 milhão a R$ 6 milhões. “É um problema particular meu. Posso dar meus imóveis, meu carro, minha casa, posso dar o que quiser como pagamento de dívida”, afirmou Cafu à Folha de S.Paulo.

Todos os bens foram adquiridos enquanto Cafu jogava futebol. Há pelo menos 32 imóveis. São apartamentos de 55 a 293 metros quadrados em São Paulo e Alphaville, em Barueri, uma casa, com mais de 2.000 metros quadrados, outra no litoral paulista, de 1.080 metros quadrados, e terrenos no interior. Um deles, em Mairinque, tem 38 mil metros quadrados.

Cafu fez seu último jogo como atleta profissional em 2008, no Milan. Ele estreou no futebol no São Paulo de Telê Santana, depois de ter sido reprovado em nove peneiras. Bicampeão mundial no clube paulista, vestiu ainda as camisas do Juventude, Palmeiras e Roma. Ele é o atleta que mais jogou na seleção brasileira, com 149 partidas, e esteve em três finais seguidas da Copa–1994, 1998 e 2002.

A Capi Penta é réu em um processo movido pela Vob Cred, uma securitizadora que cobra R$ 5,275 milhões da empresa desde 2018. A Vob baseia a cobrança numa escritura pública de confissão de dívida, com garantia hipotecária do terreno de 38 mil metros quadrados na cidade de Mairinque, adquirido por Cafu em 2005 por R$ 380 mil (R$ 793 mil atuais). Procurada, a empresa não respondeu à reportagem.

Em fevereiro deste ano, o juiz Bruno Paes Straforini, da 1ª Vara Cível de Barueri, determinou o bloqueio do imóvel deste terreno e de mais 14 imóveis no nome de Cafu e Regina. Os bloqueios também são frutos de cobranças em ações movidas por Valentim Osmar Barbizan, diretor-administrativo da Vob Cred, no valor de R$ 2,691 milhões, e pelo banco ABC Brasil, no valor de R$ 1 milhão. Nessa última, a instituição financeira alerta a Justiça das dívidas fiscais de Cafu que, segundo consta no processo, no final de 2017 já atingiam R$ 407 mil.

O ABC Brasil não foi o único que acusou Cafu de inadimplência. O Banco Industrial foi à Justiça por empréstimo de R$ 3,5 milhões. Como o ex-atleta não quitou a quantia até a data prometida, em julho de 2017, quatro meses após retirar o dinheiro, o ex-capitão da seleção passou a ser cobrado em R$ 6 milhões, com os juros contratuais e honorários.

Além dos imóveis penhorados e bloqueados, outros estão alienados em empréstimo feito por Cafu. A matrícula de dois imóveis, com área total de 1.080 metros próximos do mar em Peruíbe, estão alienados como garantia de uma dívida de R$ 1 milhão com o banco Santander. O ex-jogador terá que quitar esse valor com 96 parcelas mensais (até outubro de 2023) de R$ 23,1 mil cada. Cafu adquiriu os imóveis, em Peruíbe, em agosto de 2008 por R$ 1,4 milhão (R$ 2,9 milhões atuais).

A Fundação Cafu, no jardim Irene, em São Paulo, está inscrita na Dívida Ativa da União com R$ 857 mil. A Capi Penta está inscrita em R$ 598 mil e o próprio Cafu (pessoa física) está sendo cobrado em R$ 235 mil na dívida ativa.

Cafu atendeu a reportagem e disse que não iria falar sobre a sua situação financeira e nem sobre a Capi Penta, principal responsável pelas dívidas que penhoraram os imóveis.

O ex-capitão da seleção disse que falaria apenas sobre a Fundação Cafu. A instituição está com atividades suspensas enquanto, de acordo com Cafu, passa por um processo de “reformulação geral, em termos de projetos e de estatuto”.

“Está fechada por um planejamento, é óbvio que estamos com problemas financeiros [na Fundação]”, afirmou Cafu. “A Fundação custa R$ 150 mil por mês, e eu que tenho que mantê-la. Se você pesquisar nos últimos anos, as empresas deixaram de investir no terceiro setor. Estou batalhando para deixar nossa fundação em pé, mas isso requer alguns sacrifícios.”

Segundo o ex-atleta, a fundação oferece atividades como dança, balé, coral, bateria e informática. Os problemas na instituição se tornaram públicos em 2018, quando funcionários fizeram greve.

O ex-jogador rechaçou a palavra endividamento. “[Financeiramente] estou tranquilo, não posso deixar minhas 950 crianças na rua, porque se eu parar tudo o que estou fazendo hoje, levo minha vida tranquilo. Mas não quero isso”, disse o ex-jogador.

Sem jogar, Cafu segue envolvido com o futebol. Ele foi um dos membros do Comitê Organizador Local da Copa América. Em junho, foi anunciado pelo Comitê Organizador da Copa de 2022, no Qatar, como o embaixador no Brasil.

0
0
Clique para comentar
Publicidade

Esportes

Serena Williams chora de dor e recebe carinho da adversária Bianca: vídeo

estilo.online Redação

Publicado

em

Uma cena linda de carinho e compaixão acima da rivalidade no tênis. Serena Williams teve dores nas costas, chorou e desistiu na final do Open do Canadá, domingo, 11, dando a vitória a Bianca Andreescu.

E o desfecho dessa história foi emocionante: Bianca, de 19 anos, foi até a norte-americana Serena Williams, se agachou na frente dela, a abraçou, conversou com a adversária e contou que ela também já se machucou. (vídeo abaixo)

Durante a conversa dentro da quadra, Bianca perguntou se a colega estava bem, disse que acompanha a carreira da Serena e contou que também já teve várias “lesões”.

Nos minutos em que as duas recebiam os olhares de todas a plateia, Serena explicou um pouco para a colega sobre o problema nas costas e disse que sabia que Bianca também já tinha se machucado.

Nesse instante elas se deram conta de que por serem rivais, sabiam muito uma sobre a outra.

A conversa entre as duas mostrou o respeito entre as campeãs, dentro e fora da quadra.

A dor

O jogo estava 3/1 para a canadense quando Serena solicitou atendimento médico.

Campeã de 23 Grand Slams, ela não resistiu às dores nas costas.

Quando o afastamento foi confirmado ela caiu em lágrimas.

“Me desculpem, não consigo jogar hoje. Até tentei, mas não vai dar para mim”, disse a americana no pódio.

Bianca, a campeã em Toronto, foi humilde no discurso.

“Esta não é a maneira que eu esperava ganhar com ela saindo da quadra, mas você (Serena) é realmente uma campeã dentro e fora da quadra”, disse Bianca no discurso pós-jogo.

Veja o momento em que Serena é consolada pela adversária:

0
0
Continuar lendo

Futebol

Neymar sobre caso Najila: ‘Não vou dizer que estou feliz, mas aliviado’

O Ministério Público pediu o arquivamento do inquérito sobre o suposto estupro contra a modelo Najila Trindade

estilo.online Redação

Publicado

em

Um dia depois do Ministério Público de São Paulo pedir o arquivamento do inquérito sobre o suposto estupro contra a modelo Najila Trindade em maio passado, Neymar se pronunciou nesta sexta-feira em tom de desabafo, através de suas redes sociais, para falar do caso. O atacante do Paris Saint-Germain, que está na França, afirmou que o ocorrido lhe causou um grande “dano”, mas disse estar aliviado com o desfecho dele.

“Esse vai ser um capítulo jamais esquecido na minha vida por muitos motivos, o principal deles “O DANO” causado em mim, na minha família e nas pessoas que realmente me conhecem. Vou ser sincero e não vou dizer que estou feliz, mas sim aliviado. A cicatriz vai continuar para me lembrar o quanto o ser humano é capaz de fazer coisas boas mas também de fazer coisas RUINS!”, afirmou Neymar, em um post no Instagram.

Neymar disse mais uma vez que foi vítima de uma armação e prestou solidariedade às mulheres que efetivamente sofreram estupro. “Sim, meu mundo desabou e fui para o chão … mas como diz uma lenda no jiu-jítsu ‘para muitos o chão é o fim de tudo, para nós é só o começo’. Que seja o começo não só para mim, mas para todos que sofreram esse tipo de falsa acusação e PRINCIPALMENTE para toda MULHER que é REALMENTE vítima deste ato. O meu desejo é que vocês sejam fortes, lutem e consigam tudo que todas vocês merecem!”, completou.

O arquivamento do inquérito ainda não encerra o caso definitivamente. As conclusões do MP e da Polícia Civil, que não encontrou elementos para indiciar o atacante no mês de julho, serão analisadas agora pela Justiça. Só após o parecer do juiz pode terminar o caso.

A juíza da Vara da Região Sul 2 de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, localizada em Santo Amaro, na zona sul de São Paulo, já recebeu o caso para análise. Se ela considerar o parecer do MP improcedente, ela poderá acionar o procurador-geral para que outro promotor analise o caso. Por outro lado, ela pode decidir pelo arquivamento e solicitar novas diligências. Não existe prazo específico, mas os juízes de 1.ª instância costumam analisar os casos dentro de cinco dias.

Durante a entrevista coletiva sobre o anúncio do pedido de arquivamento, na sede do MP, na quinta-feira, a promotora Flávia Merlini disse que “o inquérito policial pode ser reaberto a qualquer momento, desde que surjam novas provas”.

A análise da juíza deverá ser feita sem as imagens do hotel em Paris, na França, onde supostamente ocorreu o estupro. Flávia Merlini, do Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica (Gevid), do Ministério Público Estadual, disse que “eram desnecessárias porque eram da parte externa do hotel”.

No dia 29 de julho, a delegada Juliana Lopes Bussacos, titular da 6.ª Delegacia de Defesa da Mulher, concluiu o inquérito que apurava as acusações de estupro e agressão feitas pela modelo Najila Trindade Mendes de Souza contra Neymar. A polícia decidiu não indiciar o jogador.

A 11.ª Delegacia de Polícia de Santo Amaro (SP) investiga se a modelo Najila Trindade cometeu uma suposta denúncia caluniosa ou fez uma falsa comunicação de estupro contra o atacante. O inquérito foi instaurado após uma petição de Neymar e seu pai, mas corre sob sigilo de justiça.

0
0
Continuar lendo

Esportes

Campeã mundial de skate mais jovem do mundo é brasileira: 11 anos

estilo.online Redação

Publicado

em

Rayssa, a fadinha - Foto: reprodução

A brasileira Rayssa Leal é a mais jovem campeã mundial de Skate. A menina de 11 anos venceu a etapa da Street League Skateboarding.

Rayssa Leal, conhecida como “Fadinha”, é de Imperatriz, no Maranhão e venceu a prova no último domingo, 28, em Los Angeles, na Califórnia.

A etapa contou pontos para o ranking olímpico. A modalidade vai fazer parte do programa dos Jogos Olímpicos pela primeira vez em 2020, em Tóquio, no Japão.

Rayssa disputou uma etapa do maior campeonato do mundo de skate na modalidade street pela terceira vez na carreira.

Na final, ela acertou todas as suas cinco tentativas de manobras, obtendo notas 4.8, 5.4, 7.0, 6.1 e 4.7, com a soma resultando na primeira colocação.

“Nossa, estou sem palavras de poder, na minha terceira Street League, estar no pódio com minhas amigas que eu me inspiro muito (…) Esse troféu foi para o meu irmão”, disse a garotinha após a conquista.

Outros destaques

Outro destaque brasileiro foi Pamela Rosa, que ficou em segundo lugar.

Já Letícia Bufoni terminou o torneio na sexta posição. Essa etapa do mundial conta pontos para os Jogos Olímpicos de Tóquio, que acontecerão na capital japonesa de 24 de julho a 9 de agosto de 2020.

Na semifinal da Street League, o Brasil ainda esteve presente em 17º lugar, com Isabelly Ávilla, em 19º lugar com Gabi Mazetto, em 23º com Marina Gabriela, em 26º com Virginia Fortes Aguas e em 30º com Karen Feitosa.

Já na equipe masculina, o destaque foi o jovem Giovanni Vianna, que participava do campeonato pela primeira vez.

O skatista chegou a final, mas terminou a disputa na quarta colocação, o melhor entre os brasileiros.

1
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
106,57
JPY 0,00%
4,07
BRL 0,00%
1EUR
Euro. European Union
=
118,09
JPY 0,00%
4,52
BRL 0,00%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
1.165.243,71
JPY 0,00%
44.554,30
BRL 0,00%

Tokyo
27°
Mostly Cloudy
TueWedThu
31/24°C
29/24°C
32/26°C

São Paulo
14°
Cloudy
MonTueWed
min 14°C
16/14°C
19/13°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana