Siga-nos

Mundo

39

Tempo estimado para a leitura: 3minuto(s) e 31segundo(s).

Treinamento próprio: Amazon investe em mão de obra qualificada

Com dificuldade para preencher todas as suas vagas de tecnologia, gigante americana vai treinar nada menos que 100 mil funcionários. Programa deve consumir US$ 700 milhões

estilo.online Redação

Publicado

em

O programa de capacitação pretende atingir um terço da força de trabalho da empresa de Jeff Bezos no mercado americano

Falta de mão de obra qualificada não é um problema exclusivo do Brasil. Prova disso é o valor recorde que a gigante americana Amazon vai desembolsar para treinar 100 mil funcionários: US$ 700 milhões. O orçamento, revelado pelo jornal The Wall Street Journal (WSJ), vale até 2025 e irá priorizar a formação de profissionais da área de inteligência artificial.

A aposta da empresa é criar novas frentes de trabalho, reduzindo os impactos sociais da automação no mercado. Com esse recurso, a empresa quer treinar, num primeiro momento, colaboradores nos Estados Unidos, principalmente para que eles desenvolvam novas carreiras dentro da área de TI.

“A tecnologia está alterando nossa sociedade e está, certamente, mudando o trabalho”, disse Jeff Wilke, CEO da Amazon Worldwide Consumer. “Com base em uma análise da força de trabalho e das contratações nos Estados Unidos, os empregos altamente qualificados que mais cresceram na Amazon nos últimos cinco anos incluem especialista em mapeamento de dados, cientista de dados, arquiteto de soluções e analista de negócios, além de coordenador de logística, gerente de melhoria de processos e especialista em transporte”, acrescentou a Amazon, em comunicado.

Chamado de Amazon Upskilling 2025, o programa pretende atingir um terço dos quadros da empresa no mercado americano, no qual a companhia já é a segunda maior empregadora, atrás apenas do Walmart. O programa de treinamento será voluntário e tem o objetivo de realocar funcionários para cargos mais qualificados nos escritórios, centros de distribuição, lojas físicas e outras áreas da Amazon.

Segundo a empresa fundada por Jeff Bezos, haverá diversos programas, a maioria deles voltada para capacitação técnica. O Amazon Technical Academy fornecerá ensino básico em engenharia de software, enquanto o Associate2Tech treinará funcionários dos centros de distribuição para cargos técnicos, independentemente do conhecimento prévio em TI. No Machine Learning University, por exemplo, quem já tem experiência em tecnologia poderá estudar aprendizagem de máquina.

A iniciativa é uma continuidade das políticas de formação já existentes, de acordo com a companhia. Em cinco anos, houve um crescimento de 832% nos especialistas em mapeamento de dados, 505% em cientistas de dados e 454% em arquitetos de soluções dentro da Amazon. Nos centros de distribuição da empresa, que estão ganhando novos processos de automação, o número de postos de trabalho mais qualificados subiu 400% no mesmo período.

No entanto, nem todos os programas são voltados para cargos dentro da empresa: no Career Choice, a Amazon promete pagar até 95% das mensalidades e taxas para um certificado ou diploma em campos de estudo qualificados, como mecânica de aeronaves, enfermagem e tecnologia de laboratórios médicos. A ideia é permitir também que os funcionários “sigam carreiras fora da Amazon”. A maioria dos treinamentos será gratuita. A Amazon tem 630 mil funcionários no mundo, sendo 275 mil nos Estados Unidos, onde há 20 mil vagas abertas.

Mercado brasileiro

No Brasil, em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, a Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) está com falta de mão de obra. Em um cenário de 13,4 milhões de brasileiros desempregados, o setor foi responsável por 7% do PIB de 2018 e demandará 420 mil novos empregos entre 2018 e 2024, segundo relatório da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom).

O mercado brasileiro de TIC é o 7º maior do mundo, atrás de Estados Unidos, China, Japão, Reino Unido, Alemanha e França. Em 2018, o setor era responsável por 1,52 milhão de empregos e criou outros 43 mil novos trabalhos. O grupo de países obteve uma produção setorial de R$ 479,1 bilhões e um crescimento nominal de 2,5%.

0
0
Clique para comentar
Publicidade

Mundo

Turistas podem ser condenados a prisão por roubarem areia na Itália

A areia da ilha da Sardenha é considera um bem público e a lei proíbe que seja retirada das praias

estilo.online Redação

Publicado

em

Um casal de turistas franceses poderão ser condenados a uma pena entre um e seis anos de prisão por ter roubado 40 quilos de areia de uma praia na ilha da Sardenha, na Itália, revela a BBC. A areia das praias da Sardenha é considerada um bem público e a lei italiana proíbe que seja retirada.

Durante anos, os residentes na ilha se queixaram do roubo de bens naturais, incluindo a popular areia branca. A polícia descobriu 14 garrafas de plástico cheias de areia, e que foi retirada da praia de Chia, no porta-bagagens de um SUV. O casal estava prestes a apanhar um trem para Toulon, na França, quando foram flagrados.

Os turistas explicaram às autoridades italianas que queriam levar uma lembrança e que não sabiam que estavam cometendo um crime.

De acordo com uma lei italiana publicada em 2017, o roubo de areia, pedras e conchas é ilegal e, para além de poder implicar uma pena de prisão, pode valer uma multa de até três mil euros (aproximadamente 10 mil reais).

0
0
Continuar lendo

Mundo

Polícia encontra motorista parado jogando Pokémon Go em oito celulares

O homem de 70 anos usa aparato com 15 celulares para jogar ‘Pokémon Go’

estilo.online Redação

Publicado

em

Um policial do estado de Washington, nos Estados Unidos, parou para ajudar o que ele pensava ser um veículo quebrado e encontrou outra coisa: o motorista tinha oito telefones ao mesmo tempo jogando Pokémon Go. O motorista foi parado no acostamento da rodovia 518 em Burien, ao sul de Seattle.

Aos 70 anos, ‘Vovô Pokémon’ usa aparato com 15 celulares para jogar ‘Pokémon Go’

No novo app Pokémon Sleep, você poderá jogar enquanto dorme

A polícia tuitou uma foto mostrando um quadrado de espuma azul, com os telefones em oito recortes retangulares.

O policial Rick Johnson, porta-voz da patrulha, explicou que o sargento Kyle Smith não emitiu uma multa porque não observou o carro em movimento enquanto o motorista usava os telefones.

Mas Smith pediu ao motorista para colocar os telefones no banco de trás e seguir em frente, porque parar no acostamento é recomendado apenas para emergências.

0
0
Continuar lendo

Mundo

Conjunto de 34 geoglifos é encontrado no sul do Peru

Um conjunto de 34 geoglifos (figuras construídas em encostas ou planícies) foi encontrado em Pampa de Majes, na cidade peruana de Arequipa.

estilo.online Redação

Publicado

em

Os geoglifos teriam como propósito o culto das culturas pré-hispânicas à água, afirmou o arqueólogo Luis Villegas, diretor do projeto de pesquisa que fez a descoberta.

“Em pampa foram identificadas aproximadamente 200 áreas arqueológicas, entre caminhos, petróglifos, geoglifos, terraplanagens agrícolas, que acreditamos que foram utilizados como uma forma de culto à água”, afirmou.

Pampa de Majes é um deserto na zona costeira de Arequipa, onde as pesquisas ocorrem desde 2015 como parte de um estudo do impacto ambiental da empresa de mineração Zafranal, que tentava certificar a inexistência de restos arqueológicos na área.

Esses geoglifos são de um período entre os anos 500 a.C. e 500 d.C., correspondendo à cultura Majes-Siguas e Nazca.


Esqueletos de criança e de espécies de camelídeos enterrados durante rituais de sacrifício no Peru, datado do século XV

“Encontramos 11 tipos de geoglifos. Os mais abundantes são os que possuem forma de ziguezague, mesmo que haja representações zoomorfas, antropomorfas e campos varridos”, explicou Villegas.

O especialista também argumentou que, no início da cultura Nazca, houve mudanças climáticas fortes que provocaram avalanches, por isso, as sociedades antigas de Majes estavam expressando o enfrentamento da natureza e os geoglifos poderiam fazer parte disso.

0
0
Continuar lendo
Publicidade
1USD
United States Dollar. USA
=
106,57
JPY 0,00%
4,07
BRL 0,00%
1EUR
Euro. European Union
=
118,09
JPY 0,00%
4,52
BRL 0,00%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
1.165.243,71
JPY 0,00%
44.554,30
BRL 0,00%

Tokyo
27°
Mostly Cloudy
TueWedThu
31/24°C
29/24°C
32/26°C

São Paulo
14°
Cloudy
MonTueWed
min 14°C
16/14°C
19/13°C

Arquivos

Facebook

Publicidade

Mais vistas da semana