Siga-nos

Japão

114

Tempo estimado para a leitura: 1minuto(s) e 18segundo(s).

Cientistas japoneses querem criar híbridos entre humanos e animais

A aprovação do governo chinês dá um pequeno passo em uma direção que muitos consideram assustadora

estilo.online Redação

Publicado

em

Os cientistas japoneses receberam aprovação do governo do país para criar híbridos entre humanos e animais, naquilo que está a ser visto como um pequeno passo para o que muitos especialistas consideram um caminho perigoso, nota o BGR.

Um dos cientistas que começou a realizar experiências neste campo é Hiromitsu Nakauchi, que planeja produzir e usar células humanas em embriões de ratos e ratazanas. Quando nascerem, estas espécies serão tidos como os primeiros híbridos entre ratos e humanos, sendo que não são esperadas alterações no aspecto exterior.

A experiência prevista por Nakauchi promete ser o início do que se prevê ser um debate ético entre a comunidade científica, entre elas a ideia de usar animais unicamente para criar órgãos para serem usados em seres humanos.

0
0
Clique para comentar

Japão

Japão acusa Coreia do Norte de construir mísseis capazes de ‘enganar’ defesa antiaérea

O ministro japonês da Defesa, Takeshi Iwai, afirmou que Pyongyang estaria desenvolvendo novos tipos de mísseis que podem ser difíceis de interceptar pelos sistemas existentes de defesa antimísseis.

estilo.online Redação

Publicado

em

“A Coreia do Norte parece estar desenvolvendo mísseis com uma trajetória baixa incomum, destinados a iludir a defesa antimíssil”, afirmou o ministro nesta terça-feira (27).

Iwai comunicou ainda que há a possibilidade de que a Coreia do Norte esteja buscando melhorar a precisão e as características furtivas de seus mísseis para que eles não sejam detectados antes de serem lançados.

Além disso, o diplomata japonês destacou que existe o perigo de Pyongyang utilizar esses mísseis com um maior alcance.

Novo lançador múltiplo de mísseis

Recentemente, a Coreia do Norte testou dois projéteis que, de acordo com o chefe do departamento militar japonês, eram novos tipos de mísseis balísticos de curto alcance.

Em 24 de agosto, foi relatado que a Coreia do Norte testou seu sistema de foguetes de lançamento múltiplo de “calibre supergrande”.

Segundo o Estado-Maior da Coreia do Sul, os projéteis atingiram uma altitude máxima de cerca de 100 km e voaram aproximadamente 380 km em direção ao mar do Japão (também conhecido como mar do Leste) a partir da província oriental de Hamgyong do Sul.

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse anteriormente que o líder norte-coreano Kim Jong-un prometeu suspender os lançamentos após o fim dos exercícios militares conjuntos de Washington e Seul, que ocorreram entre os dias 5 e 20 de agosto.

0
0
Continuar lendo

Japão

Coreia do Sul remove Japão de ‘lista branca’ comercial

O Ministério da Indústria da Coreia do Sul anunciou planos para remover o Japão de sua “lista branca”, anulando as preferências comerciais estabelecidas em relação a Tóquio.

estilo.online Redação

Publicado

em

Segundo o ministro do Comércio, Sung Yun-mo, as medidas devem entrar em vigor em setembro.

A decisão acontece em meio a uma disputa comercial entre Tóquio e Seul, que surgiu após uma decisão judicial estabelecendo que as empresas japonesas deveriam pagar indenizações às vítimas de trabalhos forçados sul-coreanas durante o período colonial.

O Japão, por sua vez, também impôs diversas restrições aos sul-coreanos, limitando suas exportações de poliamida fluorada, fluoreto de hidrogênio e fotorresistências, essenciais para a produção de chips de memória e smartphones.


Pedestres passam por anúncio com as bandeiras da Coreia do Sul e do Japão

A ação poderia afetar as grandes empresas sul-coreanas de equipamentos eletrônicos como a Samsung e a SK Hynix.

A decisão seria uma resposta ao veredito de um tribunal sul-coreano de que as empresas japonesas deveriam indenizar as vítimas de trabalhos forçados durante a colonização japonesa da península coreana entre 1910 e 1945.

0
0
Continuar lendo

Japão

Onda de calor mata 45 pessoas em Tóquio em uma semana

Dos mortos, treze eram idosos que viviam sozinhos

estilo.online Redação

Publicado

em

Em meio a intensa onda de calor que está atingindo o Japão, autoridades de Tóquio afirmam que 45 pessoas morreram na área metropolitana em uma semana, provavelmente em consequência da insolação e hipertermia. Segundo a polícia, as vítimas tinham entres 40 e 90 anos.

A agência de notícias NHK obteve informações adicionais sobre a vida de 26 dessas pessoas. Treze eram idosos que viviam sozinhos, incluindo uma mulher na casa dos 70 que morava no distrito de Katsushika. Ela foi encontrada morta em um quarto com ar-condicionado quebrado.

Muitas vezes, as vítimas tinham pouco contato com a vizinhança, mesmo quando moravam com familiares.

Na quarta-feira, na cidade de Nishitokyo, duas mulheres de 90 e 60 anos, que seriam mãe e filha, foram encontradas mortas em um quarto com a temperatura chegando a 38 graus Celsius.

A polícia e vizinhos afirmaram que as duas tinham rejeitado a ajuda do governo local, e se recusavam a ter contato com as pessoas da comunidade.

No distrito de Suginami, um homem de 88 anos, que sofre de demência, perdeu a esposa de 83 anos que cuidava dele. Ela morreu na segunda-feira no apartamento em que viviam. Segundo relatos, eles não estavam usando o condicionador de ar.

0
0
Continuar lendo
1USD
United States Dollar. USA
=
108,21
JPY +0,11%
4,08
BRL 0,00%
1EUR
Euro. European Union
=
119,49
JPY –0,18%
4,50
BRL –0,28%
1BTC
Bitcoin. Crypto-currency
=
1.101.721,92
JPY +0,02%
41.514,80
BRL –0,09%

Tokyo
20°
Rain
WedThuFri
min 19°C
27/18°C
25/19°C

São Paulo
22°
Fair
WedThuFri
34/18°C
34/23°C
33/17°C

Arquivos

Facebook

Mais vistas da semana